My default image

RECONHECIMENTOS DE FIRMAS

Quando o tabelião reconhece a firma (ou assinatura) de alguém está declarando que a assinatura que lhe foi apresentada em algum documento é igual ou, ao menos, semelhante àquela que contém em seus arquivos de firmas como sendo daquela pessoa. Com o reconhecimento de firma tem-se a certeza de que realmente foi determinada pessoa quem assinou aquele documento.

Para que seja possível o reconhecimento de firmas no cartório, é preciso que aquele que assinou o documento possua ficha de firma no tabelionato.

Nosso cartório, por exemplo, possui um acervo com mais de 60.000 (sessenta mil) fichas de firmas e nossos equipamentos modernos permitem a consulta rápida e segura das assinaturas. Além disso, todos os membros de nossa equipe participaram de cursos de grafotécnica e documentoscopia.

Existem três tipos de Reconhecimento de Firma:

Por autenticidade: O MAIS SEGURO E RECOMENDADO, POIS DÁ CERTEZA DO AUTOR DA ASSINATURA. Nesse reconhecimento, o signatário do documento deve comparecer ao cartório e assinar o documento e também um termo de comparecimento em Livro próprio do cartório. É este o exigido pelo DETRAN nos documentos de transferência de veículos.

Por semelhança, com valor: este reconhecimento é para documentos que tenham valor econômico. Nele, o tabelião, a vista da ficha de assinaturas depositada previamente pela pessoa que assina, declara que a assinatura é semelhante àquela constante dos arquivos. Por semelhança, sem valor: nos documentos que não tenham valor econômico, o tabelião, à vista da ficha de assinaturas depositada previamente pela pessoa que assina, declara que a assinatura é semelhante àquela constante do arquivo.